Loja Física

51 3342.5959
51 3085.1959
51 3085.0959

Loja Virtual

51 3407.6559

Confira nosso horário de Atendimento:


Loja Física
Segunda à sexta-feira, das 8h30h às 18h
Sábados das 9h às 16h

Loja Virtual
Segunda à sexta-feira, das 8h30 às 18h

Endereço:

Rua Souza Reis, 519 - B. São João

Porto Alegre - RS - Brasil


Nossas redes

  • Facebook Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • Black Instagram Icon
  • Pinterest Social Icon
  • Twitter Social Icon

7 DICAS PARA PLANEJAR UMA VITRINE PERFEITA

17/07/2019

COMO CRIAR UMA VITRINE PERFEITA?

É sabido que montar uma vitrine atrativa e bonita requer planejamento e criatividade. No entanto pode ser mais fácil do que se imagina. Algumas questões são básicas e começar por elas faz toda diferença para alcançar um resultado que atenda de forma satisfatória os objetivos do seu projeto.
A vitrine é o principal canal de comunicação com seu público consumidor. Então variar a informação com novidades, constantemente, é de extrema importância. E essa sequência de transmissão da mensagem deve acontecer em intervalos curtos de tempo. O que não quer dizer que você deve montar e desmontar uma  vitrine todos os dias ou a cada semana.

Reunimos 7 dicas para montar a vitrine perfeita de forma simples e sem perda de tempo. Seguindo este passo a passo, você vai ter a possibilidade de apresentar na sua vitrine o conceito da sua loja, ofertas e campanhas especiais partindo de um planejamento pré-definido.

 

 1. CAMPANHA: TEMÁTICA

Defina o objetivo e a temática do seu projeto de vitrine. Lance uma campanha. Com o tema da sua campanha definido, apresente um cenário coerente, conte uma história ou represente uma cena. Leve em consideração a estação do momento, as cores que são tendência e crie um cenário que leve o espectador a desenvolver a imaginação. Contextualize os produtos dentro da proposta da sua vitrine.

 

2. IDENTIDADE E DESIGN: VALORIZAÇÃO DA MARCA E CONCEITO DA LOJA
Independente do tema da campanha que será lançada e apresentada na sua vitrine as cores, os elementos identificadores da sua marca e conceito devem estar presentes.
Toda comunicação da loja deve estar em sintonia com os valores, conceito e estilo da sua loja. Assim seu público consumidor irá se identificar com aquilo que você está promovendo. Isto quer dizer que conhecer o seu público-alvo é requisito básico. Esta informação é item de planejamento de negócio, você já deve ter isso claro desde a abertura do seu negócio, para saber exatamente como se comunicar com tal público.

 

3. MIX DE PRODUTOS: A REGRA DE TRÊS 

Selecione os produtos que permanecerão durante toda a campanha e aqueles que serão alternados. Com esta definição selecione e agrupe os produtos conforme a “regra de três” um formato indicado por vitrinistas que consiste em agrupar três peças lado a lado, em vez de apenas uma. Além disso, a dica é trabalhar com a assimetria na composição, um produto mais alto, um médio e outro mais baixo. Mas por quê isso?
De acordo com os profissionais os olhos estão habituados a se movimentarem quando estão diante de algo assimétrico, procurando ao redor um ponto de maior atenção. Desta forma, se a composição for simétrica e balanceada, os olhos rapidamente irão parar em um lugar. Sendo assim, se temos um ponto alto, um médio e um mais baixo, em sequência, os olhos tendem a focar o primeiro, descer para o segundo e depois para o terceiro. Sendo assim passam por toda a informação visual.
Muito importante é que os produtos se combinem, se complementem, formem um conjunto que leve o  consumidor a se interessar pelo todo.

 

4. PERÍODO DA CAMPANHA

Definindo o tempo de campanha, você poderá traçar um cronograma para trabalhar com os produtos fixos e alternados. Normalmente a vitrine é utilizada para apresentar produtos que não são vendidos facilmente nas prateleiras ou araras da loja, desta forma precisam de destaque. Então use um cronograma para alternar os produtos em exposição.

 

5.MANEQUINS

Os manequins contribuem muito na hora de compor a comunicação da sua vitrine e o conceito da sua loja. Existem manequins de vários estilos, escolha aqueles que apresentem da melhor forma o estilo da sua loja. Eles podem ser minimalistas, despojados ou neutros. Além da aparência devem valorizar as peças e combinações. 

 

6. MENOS É MAIS

Para o atual conceito de vitrinismo, menos quer dizer mais. Ou seja, não adianta lotar os expositores, é necessário criar uma atmosfera curiosa e determinante para que o consumidor seja atraído para o interior da loja e lá tire suas dúvidas e peça sugestões à equipe de vendas.

 

7.ILUMINAÇÃO

A iluminação também pode ser considerada peça chave na composição e decoração da vitrine. Uma boa  iluminação chama a atenção de quem passa em frente à sua loja. As luzes amarelas geralmente usadas na decoração de vitrines de lojas em shoppings ou para serem ligadas no período noturno. As luzes do tipo dicroica são as melhores e mais usadas por vitrinistas profissionais pela tonalidade de luz que emitem, um amarelo intenso que parece luz do sol, mas não tão forte, ressaltando as cores de tecidos e objetos.

 

O branco é uma tonalidade de luz forte e por isso, não é indicado para vitrine, a menos que seja em vitrines altas em que a iluminação não se concentre em apenas um objeto, entre manequins, por exemplo. Em relação à posição das luzes, depender bastante de como os objetos estão dispostos na vitrine e de que tamanho eles são. Se forem manequins de roupas, uma iluminação de cima para baixo é a ideal. No caso de sapatos ou produtos pequenos, usa-se uma iluminação em pontos laterais ou abaixo dos mostruários. Já em objetos para o lar, quando mais espaçados e em maior quantidade as lâmpadas estiverem melhor. (Dicas Sebrae)

 

Tags:

Compartilhar
Twitter
Please reload

Destaques
Please reload

Posts Relacionados
Procurar por Tags